sábado, 28 de novembro de 2009

Analise Crítica dos Telejornais

Analisando o conteúdo dos telejornais, a PASCOM encerrou o Projeto de Leitura Crítica dos Meios de Comunicação em 2009, no último dia 21 de novembro, no Centro de Formação Amarante.

Tendo como palestrante a jornalista e apresentadora do programa Chão e Paz, Fernanda Santana, cristãos de diversas comunidades tiveram a oportunidade de analisar de uma forma mais minuciosa o que se passa por de trás das câmeras dos telejornais.

Fernanda conduziu um bate papo bem descontraído, explicando o que se passa nas reuniões entre emissoras e filiais espalhadas pelo Brasil.

Os participantes puderam perceber que não devemos aceitar tudo que assistimos como verdade. Temos que aprender a questionar. Saber por que tal informação está sendo passada, por quem está sendo passada e principalmente como ela foi construída.

Assim, encerramos o projeto com sucesso e também com a certeza de que em 2010 nos encontraremos novamente. Juntos vamos aprendendo a ser cristãos críticos e propagadores do olhar de Cristo.

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Será mesmo uma "Grande Família"?


No último sábado (24/10), foi realizado mais um encontro pela Pascom para análise crítica dos meios de comunicação, desta vez foi discutido o conteúdo do seriado “A Grande Família”, no Centro de Formação Amarante.

Antes de começarem a analisar o seriado, as pessoas que participaram da reunião foram convidadas a realizar uma dinâmica que funcionou da seguinte forma:

- Em pares, eles olharam para os respectivos parceiros por aproximadamente 1 minuto;
- Em seguida, de costas uns para os outros, cada pessoa retirou alguma coisa que estava usando (corrente, óculos, chaves, etc);
- Por último viraram-se novamente e tentaram acertar qual foi o item que o seu parceiro retirou.

Esta dinâmica foi realizada com o objetivo de mostrar que muitas vezes por diversos motivos nos distraímos e não conseguimos prestar atenção no nosso próximo. Da mesma forma funciona com os programas televisivos, assistimos certos programas mas não conseguimos perceber o que ele está transmitindo de positivo ou negativo para nossas vidas.

Após a dinâmica foram discutidas quais as imagens que todos os personagens integrantes do seriado transmitem para as pessoas que o assistem.

Honestidade, essa foi uma das principais características atribuídas ao personagem Lineu (Marco Nanini). No episódio observado, podemos perceber que a todo momento Lineu é questionado sobre suas atitudes extremamente corretas, ressaltando que em hipótese alguma ele vai de encontro com suas próprias idéias.

Nenê (Marieta Severo), foi observada como a dona de casa exemplar, um exemplo de mãe e amiga, porém é muito submissa ao marido, vaidosa e sonhadora.

O filho Tuco (Lúcio Mauro Filho), é um personagem preguiçoso, não gosta de trabalhar, vive nas costas do pai e dos mimos da mãe. Apesar da comodidade ainda é obediente aos pais.

A filha Bebel (Guta Stresser), transmite uma imagem de uma mulher muito amorosa e permissiva. Perdoa sempre as burradas do marido.

Já Marilda (Andréa Beltrão), é a única mulher independente financeiramente. Viciada em cigarro, usa sempre roupas extravagantes e nunca consegue ser feliz no amor.



Agostinho (Pedro Cardoso), foi escolhido por unanimidade o personagem que mais transmite coisas erradas. Ele sempre tenta “se dar bem” enganando todos que estão ao seu redor, é o típico malandro. Este por sua vez, dificilmente consegue alcançar seus objetivos.

O personagem sempre se veste com roupas coloridas, bem descontraídas. Seu modo de falar e agir não deixa de ser engraçado, o que atrai bastante atenção das crianças que assistem ao seriado. É exatamente aí que mora o perigo. Nenhuma criança irá querer se espelhar no personagem que é correto, mas sim naquele que é engraçado e “sabido”.

Estas foram as conclusões obtidas em mais uma reunião. Agora você poderá fazer o mesmo também, assista o vídeo abaixo e com um olhar cristão e determine quais são os pontos positivos ou negativos que podem ser observados nesta “família muito unida e também muito ouriçada, brigam por qualquer razão, mas acabam pedindo perdão”.

video

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Projeto de Leitura Crítica: A Grande Fámilia




Dando continuidade ao Projeto de Leitura Crítica dos meios de comunicação, neste sábado (24/10), às 14h no Centro de Formação Amarante, a comunidade cristã terá a oportunidade de avaliar o conteúdo do programa A Grande Família, exibido toda quinta-feira à noite pela Rede Globo.

É de suma importância a participação de todos nestas reuniões que visam unicamente avaliar o conteúdo que estamos propícios a absorver assim que ligamos nossas televisões.

Será que estamos assistindo o que realmente contribui para o nosso crescimento pessoal e mental ? Será que estamos assistindo com um olhar cristão??

Essas e outras perguntas poderão ser respondidas no encontro. Venha e participe conosco, a Pascom estará de braços abertos para te receber. Até lá.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

O verdadeiro Caminho das Índias - A novela que a Globo não passa


A novela Caminho das índias terminou, mas merece uma reflexão sobre alguns assuntos retratados na novela, inclusive sobre o verdadeiro caminho das índias que a Globo não mostrou como, por exemplo, o Rio Ganges.

O rio onde são gravadas algumas cenas da novela representa o Rio Ganges, que é sagrado para os hindus. Nesse rio os hindus tomam banho, fazem rituais, lavam os rostos, as roupas e lançam os corpos dos mortos sendo cremados em cima de balsas de madeira.

As pessoas mais pobres, que são a maioria, não podem comprar madeira suficiente para queimar os corpos de seus mortos, sobrando assim os restos mortais dos mesmos que ficam boiando pelo rio. As vacas são consideradas sagradas, e por isso quando morrem, também são jogadas no rio.

A rede Globo, obviamente nunca iria mostrar um lugar como esse. Como o mundo deve ser representado de forma bela pelas novelas globais, o Projac foi adaptado para que um falso rio Ganges pudesse ser filmado. Como? Eles fizeram uma escadaria, uma piscina e um Chroma Key ao fundo que o computador coloca efeitos da paisagem. “Até o Rio Ganges e suas escadarias estão sendo reproduzidos, numa área de 2 mil m², dentro de um lago no Projac, está é a segunda cidade cenográfica. As gravações já acontecem e o “O maior desafio foi extrair a essência da Índia, para que não ficasse algo óbvio e estereotipado”, diz o cenógrafo.”


Seria essa cultura ensinada o reflexo de uma verdadeira cultura indiana, ou apenas uma farsa, maquiada de acordo com interesses da Globo?



Ganges criado pelo Projac:


Rio Ganges verdadeiro:




Um pouco diferente, né?

Análise Crítica, Caminho das Índias



Com a participação de integrantes das comunidades da Paróquia de São Gonçalo do Retiro, foi realizado no último sábado (19/09), mais um encontro no Centro de Formação Amarante.


O tema deste mês foi a novela Caminho das índias, da novelista Glória Perez, que terminou no dia 12 de setembro, mas que deixou muitas lacunas no ar. A novela retratava, principalmente, sobre a cultura indiana que se baseia na divisão das castas (classes), o preconceito aos dalites (que são a menor casta) e seus costumes. Mas na vida real, existem muitas contradições com relação à novela.


A Índia ainda é um país subdesenvolvido e superpopuloso. O índice de analfabetismo é imenso e a autora não quis mostrar esse lado sombrio na história. A idéia era exibir um pouco da cultura que muitos não conheciam, os trajes, comidas típicas e muita dança. Alguns dialetos locais viraram bordões como Are Baba, Acha, Tchai, entre outros.


Saindo da Índia, a autora abordou temas bem polêmicos como a esquizofrenia, a discriminação aos dalites, a psicopatia, os pitboys. Glória Perez já vem mostrando em suas novelas temas sociais desde que sua filha, a atriz Daniela Perez, foi assassinada.


Através de uma dinâmica os participantes do encontro foram divididos em duplas para que pudessem se conhecer melhor. Logo em seguida todos assistiram duas cenas na novela, a primeira abordava mais uma das irresponsabilidades cometidas pelo jovem Zeca, já a segunda mostrava a super proteção de Melissa com relação ao seu filho Tarso.


Depois da exibição dos vídeos, duas equipes, com seis participantes cada, discutiram o que puderam observar em cada cena, lembrando que toda a análise foi feita sempre com um olhar cristão.

Após alguns minutos de discussão, um representante de cada grupo expôs para os demais as conclusões obtidas dentro do seu respectivo grupo. Assim, todos puderam concordar, discordar ou acrescentar opiniões sobre as cenas assistidas.



1. Zeca (Duda Nagle) e sua turma de amigos fazem uma baderna no bar da Dona Ashima (Mara Manzan). O pai dele (Antonio Calloni), por sua vez, apóia tudo o que o filho faz aceitando o que ele vem fazendo, exemplificando a falta de limites. A única sensata, na historia, foi Suelen (Juliana Alves) que fez uma denúncia a polícia, em um ato de coragem que hoje em dia muitos tem medo.


video



2. Melissa (Christiane Torloni) não consegue acreditar que seu filho Tarso (Bruno Gagliasso), ficou esquizofrênico. Tenta de todas as maneiras esconder esse problema de todos e dela mesma.


video

Utilize o questionário abaixo para fazer a sua própria análise crítica sobre as cenas observadas.

Questionamentos

1. Quais temas ou assuntos são levantados nesta cena?
2. Quais valores esta cena apresenta sobre estes temas?
3. Quais valores a respeito deste mesmo tema nós defendemos?
4. Os valores apresentados na cena e por nós estão de acordo com os princípios cristãos, éticos e de cidadania?

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Leitura Crítica da Novela Caminho das Índias


Neste sábado (19/09), será realizada mais uma oficina de leitura crítica dos meios de comunicação no Centro de Formação Amarante, às 14:00h.

Desta vez a comunidade cristã terá a oportunidade de avaliar o conteúdo transmitido pela novela da Rede Globo, que acabou na última sexta-feira (11/09), Caminho das Índias.

Nunca é demais salientar a extrema importância da participação de todos em oficinas como esta. Lembrando que iremos analisar a novela com um olhar cristão. Como já foi dito no encontro anterior, temos que fazer com que nossas escolhas sejam pautadas na figura de Cristo, afinal os valores cristãos influenciam a nossa maneira de viver com os outros.

Confira agora as datas e os temas dos próximos encontros:


· 24 de outubro: 14h - Centro Amarante
Tema: A grande família

· 21 de novembro: 14h - Centro Amarante
Tema: Telejornais

· 19 de dezembro: 14h - Centro Amarante
Tema: Propaganda

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Oficina de Leitura Crítica dos Meios de Comunicação



No último sábado (15/08), foi realizado um encontro no Centro de Formação Amarante com o objetivo de se fazer uma análise crítica de desenhos animados transmitidos pela TV para as nossas crianças. O encontro teve a participação de 30 pessoas das pastorais catequética, juventude e família, além dos agentes da Pascom.

O evento foi ministrado pela jornalista Fernanda Santana - apresentadora do programa Chão e Paz ( TVE) e assessora de imprensa da Arquidiocese de Salvador.

Os meios de comunicação foram criados para facilitar a comunicação entre as pessoas. São formas de se comunicar. Hoje se expandiram e se tornaram grandes indústrias, redes de negócios, visando o lucro. Vendem confiança, credibilidade, imparcialidade, diversão e lazer.

Estamos comprando uma idéia ao consumirmos tal “produto”. Mas nunca gastamos com isso, pois a programação da TV aberta é gratuita. Quem sustenta os gastos dos veículos de comunicação são os anunciantes. Quanto maior a audiência do programa, mais caro os anunciantes pagarão.

Temos que questionar aquilo que vemos. Precisamos conhecer os mecanismos para termos uma leitura mais verdadeira, mais crítica. A imprensa é falha e é suscetível a erros. Por isso, ao assistirmos à televisão, temos que estar atentos ao que ocorre e, não ficar hipnotizados.

Fernanda destacou a importância dos pais ou pessoas próximas estarem acompanhando o que as crianças estão assistindo. Segundo a jornalista é fundamental que seja selecionado por estes adultos o conteúdo que os pequenos devem absorver.

O Pica Pau, por exemplo, é um personagem que sempre está aprontando o no final da história ele nunca sai prejudicado, ou seja, sempre se dá bem। Isso com certeza não é um fator positivo no processo de aprendizagem das crianças. Elas precisam saber que não é legal conseguirmos algo que queremos prejudicando ou levando vantagem sobre o próximo.


video


Uma das análises feitas foi sobre o desenho animado dos anos 60, “Os Flinstones”। Uma leitura crítica denuncia o machismo escondido do personagem Fred em relação ao personagem Vilma, que muitas vezes apresenta uma certa submissão ao fazer tudo o que ele pede, mesmo reclamando, e quando se esquece de algo, ainda tem que pedir desculpas. O machismo era um fator muito forte na época, e o desenho animado era uma forma de influenciar as crianças.

video

É de extrema importância que não deixemos de ser cristãos na hora de assistir televisão, temos que fazer com que nossas escolhas sejam pautadas na figura de Cristo, afinal os valores cristãos influenciam a nossa maneira de viver com os outros.

Ao final do encontro chegou-se a conclusão de que é de suma importância valorizar mais as opiniões das pessoas e um pouco menos os meios de comunicação, sempre dando audiência para quem merece e quando necessário organizar-se e manifestar-se contra alguma irregularidade.

Você também pode analisar criticamente o que seu filho está assistindo, basta responder para você mesmo estas quatro questões:



1. Quais temas ou assuntos são levantados nesta cena?
2. Quais valores esta cena apresenta sobre estes temas?
3. Quais valores a respeito deste mesmo tema nós defendemos?
4. Os valores apresentados na cena e por nós estão de acordo com os princípios cristãos, éticos e de cidadania?








quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Projeto de Leitura Crítica dos Meios de Comunicação


Muito se tem falado e analisado ultimamente sobre os programas de televisão e, principalmente, sobre a influência deles na vida das crianças, adolescentes e da sociedade em geral. Assim como pontos positivos, a TV tem seus pontos negativos e um dos mais importantes a relatar é o excesso de violência contido nas programações, inclusive infantis. É importante então saber o tamanho da responsabilidade desse veículo de informações de massa, no que diz respeito ao seu poder de persuasão. Desta maneira, para aqueles que realmente querem formar e ver crescer cidadãos, a solução não é apagar a telinha ou mudar o canal. Precisamos refletir sobre as imagens e sobre como elas se refletem sobre outros textos. Precisamos analisar a televisão, juntamente com os usuários da TV, para impedir que, principalmente a violência, continue sendo tão explorada pela mídia de maneira tão sensacionalista.

Pensando nisso, a Pascom da Paróquia São Gonçalo do Retiro cria o Projeto de Leitura Crítica dos Meios de Comunicação destinado aos coordenadores comunitários das pastorais catequética, da juventude e da família. O nosso 1º encontro será neste sábado dia 15 de agosto no Centro Amarante das 14 às 16:30 ministrado pela jornalista e apresentadora do programa Chão e Paz - Fernanda Santana. A entrada é franca e são convidados os coordenadores destas pastorais - 02 representantes de cada pastoral por comunidade, além dos agentes da Pascom.

É muito importante a presença dos coordenadores ou representantes destas pastorais de sua comunidade para que o objetivo seja alcançado.

Passe este aviso aos coordenadores e participe!


Abraços e até lá!